revendedor%2520comb_edited.jpg

Revendedor Varejista de Combustíveis

O escritório Goedert & Batista Advogados presta consultoria e assessoria jurídica especializada para Revendedores de Combustíveis, ou seja, empresas que comercializem aos consumidores os combustíveis derivados de petróleo e biocombustíveis.

A atividade de revenda de combustíveis líquidos atingiu alto grau de exigência regulatória nos últimos anos, diante da grande quantidade de normas e regulamentos que impõe obrigações e vedações para o setor.

As empresas que atuam neste segmento econômico, ou pretendam iniciar atividades, devem dedicar especial atenção à regulação do setor exercida pela ANP, além de outros órgãos como INMETRO, prefeitura municipal, IBAMA, vigilância Sanitária, SEFAZ, dentre outros. 

Além da Resolução ANP nº 41/2007, que regulamenta a atividade de Posto Revendedor de combustíveis no Brasil, existem outros normativos da ANP que necessitam da máxima atenção das empresas do setor, evitando a geração de oneroso passivo fiscal, inclusive com a adoção de mecanismos de prevenção através de assessoria jurídica permanente.

 

 Nossos serviços incluem:

 

  •  Consultoria e assessoria jurídica para novas empresas interessadas em iniciar na atividade de revenda de combustíveis líquidos à partir de projeto e construção de Posto Revendedor, ou mesmo, nos casos de aquisição e sucessão comercial de revendedor existente, observando a tramitação junto à ANP de toda a documentação exigida para a outorga e autorização para a nova sociedade empresarial;

  • Treinamento de pessoal de administração e pista, de forma objetiva, com vistas a esclarecer aos colaboradores, as obrigações legais do Posto Revendedor na atividade, inclusive no que tange à regulação aplicável da qualidade dos produtos comercializados ao consumidor (amostra-testemunha, lacres e outros documentos);

  • Orientação jurídica na relação comercial com os distribuidores de combustíveis, e igualmente, nas questões sempre conflitantes e relacionadas ao contrato de fornecimento, comodato e uso da marca, com causas de rescisão relacionadas à exigência de cumprimento de galonagem ou ao período aventado para o pacto. 

  • Administração e patrocínio de causas em contencioso administrativo e judicial, inclusive em ações anulatórias de autos de infração e suspensão dos efeitos de medidas cautelares administrativas, além da defesa administrativa em ações de fiscalização do INMETRO (bomba baixa, mangueira, erro de vazão etc.), SEFAZ, PROCON e ANP.